História de Itaquera

ORIGEM E ASPECTOS HISTÓRICOS:

A palavra Itaquera deriva do guarani e quer dizer "Pedra a dormir" (Ita-Aker). Até o século XIX, o local era conhecido/ por Caaguassu".

Hoje há quem pergunte pela data de fundação de Itaquera, realmente não se trata de fundação e sim de povoação do lugar já que Itaquera é um Sub- Distrito da capital e a data da fundação da capital é de conhecimento de todos.

Em 1890, duas personalidades sociais e politicas vieram para Itaquera e adquiriram grandes extensões de terra.

Um foi o Dr. Rodrigo Pereira Barreto, fazendeiro em Ribeirão Preto e sertãozinho que vendeu sua fazenda e veio comprar terras em Itaquera; o outro foi o Dr. Francisco gentil de Assis Moura juiz comissário da capital, que mediante procuração em causa própria adquiriu as terras de Geraldo Marcondes de Abreu e, são os mesmos já descritos, hoje Vila Santana e Vila Cristianópolis. Esta é a origem de Itaquera como núcleo residencial.

Em 1913, a convite de Coriolano Pereira Barreto, vieram e compraram terras aqui os Drs. Álvaro Mendonça e Antônio Teixeira da Silva, advogado, lentes de direito do Mackienze College.Com eles vieram muitos outros que construíram suas casas para os fins de semana.

Em 1919 o coronel Bento Pires de Campos, adquire a Fazenda do Carmo da junta Carmelitana de Petrópolis e inicia o grande loteamento, quer da Vila Carmosina, quer da Organização Agrícola que passou a denominar-se Colônia Japonesa, e que supriu durante muitos anos com plantações, os mercados de São Paulo, Santos e Rio de Janeiro.

O Distrito de Itaquera localiza-se na porção Oriental do Estado de São Paulo mais precisamente na latitude 23º 30 do Hemisfério Sul e Longitude 46º 25. a oeste de Greenich.Topograficamente é uma região de morros, e hidrograficamente falando pode-se dizer que Itaquera é bem servida por uma densa rede de rios, todos afluentes e sub-afluentes do rio Tietê.A vegetação original da região é representada pela Floresta sub- tropical do planalto, com araucárias disseminadas.Atualmente a paisagem vegetal de Itaquera se resume na presença de campos limpos ou sujos com arbustos e restos de mata, excluindo as áreas agrícolas e áreas reflorestadas.Economicamente, Itaquera possui um comércio regular. A indústria, em lento crescimento, situa-se principalmente na área da Colônia Japonesa. O bairro conta com várias agências bancárias, hipermercados e universidade particular.

Conforme dados do Mapa de Exclusão/Inclusão Social quanto aos Índices Territoriais que hierarquizam regiões de uma cidade quanto ao grau de exclusão e inclusão social - IEX - Índice de Exclusão/Inclusão Social 2000; dos 96 distritos a Cidade Tiradentes está em 4º lugar com (- negativo) -0,90; 6º Jardim Helena, -0,84; 10º Itaim Paulista, -0,81; Guaianases, -0,76; José Bonifácio, -0,60; Itaquera, -0,55 e Parque do Carmo -0,46.

 

HOSPITAL SANTA MARCELINA

A sua história em Itaquera começou em 1958, quando as irmãs Marcelinas adquiriram uma propriedade, num lugar cercado de bosques de eucaliptos e ar puro, para construir uma casa de repouso para as irmãs idosas e convalescentes. Por ser então um lugar pobre e desprovido de serviços de Saúde, a Irmã Sophia Marchetti, pioneira da fundação das obras marcelinas no Brasil, antecipando os tempos e com a sempre presente opção preferencial pelos pobres, idealizou a construção de um hospital e mobilizou as comunidades dos colégios e todas as camadas da Sociedade de sua clientela para gerar recursos para esta obra. Depois de três anos de trabalho, a 5 de agosto de 1961, o hospital foi inaugurado, na presença do bispo Dom Paulo Rolim Loureiro, autoridades e representantes da população local que então contava com cerca de 60.000 habitantes.

 O hospital possuía 150 leitos, um pequeno laboratório de análises clínicas, uma sala de radiologia, duas salas de cirurgia, uma sala de parto e duas de emergência. Contava na ocasião com um corpo clínico de 7 médicos e 30 funcionários, que ajudados pelas irmãs e dirigidos pela diretora e fundadora Ir. Sophia Marchetti conseguia atender àquela população.

Com o crescimento acelerado da cidade, a migração em massa, Itaquera e os bairros vizinhos sofreram tumultuada e vultosa expansão. Foram surgindo as Cohabs e deste modo Itaquera alcança atualmente cerca de 700.000 habitantes e a região 3.500.000.

Como não poderia deixar de ser, o hospital também cresceu, mas jamais acompanhando o crescimento populacional, conforme pode ser observado a seguir.

O Hospital é uma referência para a população, embora existam outros hospitais e Unidades Básicas de Saúde. Recentemente, foi implantado a UVIS - Unidade de Vigilância à Saúde e intensificada a campanha de combate ao mosquito da dengue, porém, esses equipamentos e programas são insuficientes e não atendem a demanda. Profissionais especializados são em número reduzido (psicólogos, psiquiatras, neurologistas, endocrinologistas, cardiologistas e outras áreas afins) e faltam equipamentos mais modernos. A mortalidade infantil é de 14,52 a cada mil nascidos vivos; a materna é de 44,72 a cada cem mil nascidos vivos. As principais causas da morte da população itaquerense são: doenças do coração, doenças cerebrovasculares, homícidos, pneumonias, doenças respiratórias.

Casa de Saúde Santa Marcelina

Rua Santa Marcelina, 177 - PABX: (011) 6170.6000

08270.070 - Itaquera - São Paulo - SP

 

CLUBE ACM-ASSOCIAÇÃO CRISTÃ DE MOÇOS

ACM de Itaquera é a mais bela das unidades existentes na cidade, foi fundada em 20 março de 1977 com o programa desenvolvido sendo o tradicional das ACM(s) , adaptado ás necessidades locais, como aulas de ginastica e recreação para todas as idades.

Com 7.720 m2 de área, conta com uma piscina semi-olímpica coberta e aquecida e uma piscina infantil, sala de condicionamento físico, lift-training, quadra de futebol society, ginásio poliesportivo, salas de ginástica, quadra externa, sala de jogos sociais, sauna, brinquedoteca, área de lazer com solário e churrasqueira, auditório, playground, loja de material esportivo, vídeo locadora, restaurante e lanchonete. Além das atividades esportivas, a ACM Itaquera realiza um trabalho na área de atendimento social, onde 150 crianças carentes da comunidade são atendidas durante a semana. "Uma preocupação em atender essas crianças como agente modificador da comunidade, é a melhor maneira de contribuir com a sociedade mostrando ações com disciplina, responsabilidade, dignidade, perseverança e caráter através do esporte", afirma o presidente.

A ACM Itaquera oferece várias atividades, como: esportes de quadra (futebol, basquete, vôlei, entre outros); natação; hidroginástica; musculação; ginástica; artes marciais; atividades culturais e sociais e programa internacional.

A Unidade Itaquera, localiza- se na Rua Léo de Afonseca, 47

Mais informações telefone: 6744-2000

 

SESC - ITAQUERA

Data de inauguração: 29/10/1992

Área do terreno: 350.000 m2

Área construída coberta: 25.595,89 m2

Área construída descoberta: 40.479 m2

Área construída total: 66.074,89 m2

Capacidade de atendimento: 20.000 pessoas/dia

Instalações:

portaria, informações e matrículas;

sede social com recepção, área para exposições, sala de técnicos, sala de convenções para 300 lugares, e salas de uso múltiplo, ambientes para jogos e convivência, salão de estar, sala de vídeo e café;

sanitários e fraldário;

lago com 5.000m2;

ginásio com 3 quadras poliesportivas, 2 salões de multiplo-uso e 01 sala com equipamentos de ginástica, bar-lanchonete;

lanchonete com capacidade para 1.200 pessoas /hora; 03 quiosques de alimentação e restaurante self-service com 350 lugares;

parque aquático, com piscina de 5.000 m2 de espelho d'água, solário com 11.000 m2 de área, com 08 pistas de toboaguas, escorregadores e brinquedos recreativos;

6 quadras poliesportivas descobertas;

3 quadras e 1 paredão de tênis;

3 minicampos de futebol (1 em areia, 2 em grama sintética); 1 praça central para atividades, eventos, recreação, estar e convivência;

57 quiosques com churrasqueiras;

sanitários distribuídos na área do centro;

praça de eventos com 5.000 m2;

parque lúdico com 1.530 m2 (orquestra mágica -15 instrumentos musicais e bichos da mata - 3 obras); brinquedo Espaço de Aventuras com 3.200m2;

palco da orquestra com 600 m2;

estacionamento para 1.117 veículos; 57 motos, 56 bicicletas;

loja de conveniência;

pólos de educação ambiental com viveiro de plantas, horta, orquidário, hidroponia, pomar, piscicultura e reciclagem.;

estacionamento para ônibus na portaria;

portaria alternativa pela Av. Aricanduva - S.Matheus.

Unidade do SESC-Itaquera

Rua Fernado do Espirito Santo Alves de Mattos, 1000

Mais informações telefone: 6523-9200


PARQUE DO CARMO

Possuindo uma das maiores áreas de lazer (um milhão, quinhentos e quarenta e oito mil, setecentos e cinco metros quadrados), o Parque do Carmo recebe nos seus fins de semana cerca de quarenta mil pessoas que vem das mais diversas partes de São Paulo.A área pertencia à fazenda de Oscar Americano de Caldas Filho, que ali costumava passar os finais de semana em companhia da família e amigos. Em 19 de setembro de 1976 foi transformada em parque pela Prefeitura. O casarão da fazenda foi mantido como parte das edificações.

Considerado o terceiro parque da América Latina em beleza e tamanho, em suas dependências tem sido realizado shows musicais, festivais e outros eventos culturais.Sobre sua fauna existem gambás, bichos-preguiça, macacos, veados, borralha-assobiadora Flora pau-de-tucano, passuaré, cerejeira, angico cafeza, árvores frutíferas

Av. Afonso de Sampaio e Souza, 951 - Itaquera

Fone/Fax: (11) 6748-0010 - Funcionamento: 5h30 às 18h

 

PLANETÁRIO DE ITAQUERA

Alta tecnologia ao alcance de todos

Planetário do Carmo está aberto à população desde o dia 1º de dezembro de 2005. De terça à sexta-feira o atendimento será exclusivo aos alunos de escolas agendadas. Nos finais de semana - sábados e domingos - as sessões são destinadas ao público em geral. As sessões acontecem em quatro horários: às 10h, 12h, 14h e 16h, todas gratuitas. Para evitar filas haverá distribuição de senhas na bilheteria uma hora antes de cada sessão, por ordem de chegada, para o público em geral. Já no caso das escolas, o agendamento deverá ser feito antecipadamente por telefone ou pessoalmente.

Com os projetores instalados, a viagem pelo espaço já pode começar. O projetor central – um modelo Universarium VIII, é responsável pela projeção de estrelas. Fabricado pela empresa alemã Zeiss, possui 12 mil lentes responsáveis pela projeção de estrelas, e muitas outras menores, que mostrarão os planetas e outras constelações. Sua tecnologia é semelhante à utilizada pelo Planetário Rose Center, de Nova York, o que o torna o mais moderno do Brasil.

Completam o mecanismo de projeção 74 projetores periféricos da empresa americana Sky Scan, que tornam a sessão mais didática, atraente e lúdica.

Alguns cursos da Escola Municipal de Astrofísica (EMA) estão sendo ministrados no Planetário do Carmo enquanto a sede da Escola, no Parque Ibirapuera, passa por reformas. A esplanada cósmica localizada atrás do prédio do Planetário do Carmo, já está sendo usada para a observação de fenômenos astronômicos, como eclipses, estrelas e planetas.

Este é o 23º Planetário do Brasil e um dos mais modernos do mundo. Possui uma cúpula interna de 20 metros e uma tecnologia que possibilita a melhor propagação do som. As imagens projetadas na cúpula interna despertam no espectador a sensação de imersão total no espaço. A sala de projeção tem 274 cadeiras, incluindo seis lugares para pessoas com mobilidade reduzida. Os assentos formam fileiras que possuem, cada uma, inclinação diferente para observar a projeção.

O prédio do Planetário representa, de maneira estilizada, a forma das galáxias em espiral, como a Via Láctea. No centro dela está o projetor e ao seu redor encontram-se fileiras de cadeiras reclináveis apontadas para a cúpula, que tem 20 metros e envolvem completamente o espectador. Quem assina o projeto arquitetônico do novo Planetário é o Escritório Teúba Arquitetura e Urbanismo.

O projeto do Planetário é composto por 1.750 m² de lazer e ciência. Além das sessões os visitantes poderão, em breve, visitar o celostato (sala para visualização do sol sem observação direta), assistir palestras no auditório (70 lugares), visitar a mediateca e uma área para exposições. Futuramente contará ainda com uma lanchonete.

A simulação criada pelos projetores permite a visualização dos planetas e a utilização de outros recursos. A partir de uma foto tirada em Marte por uma sonda espacial eles podem, por exemplo, projetar na cúpula do Planetário o horizonte marciano e, alinhando-se com os projetores de estrelas, provocar a ilusão de que o planeta Terra está se aproximando. Além desses equipamentos haverá um celostato, aparelho composto por um conjunto de espelhos que refletem o sol na parede sem ofuscar a visão e permitem a observação de manchas solares.

O Planetário projeta e simula o céu real existente na natureza. Através dele é possível visualizar constelações e pontos geográficos importantes no céu em detalhes. É um equipamento que pode, através da astronomia, ajudar no ensino de história, filosofia, matemática, geografia etc.

Para administrar as sessões a Secretaria conta com mão-de-obra qualificada: os planetaristas que cuidavam do funcionamento do Planetário do Ibirapuera. Além disso, técnicos da SVMA e voluntários passaram por treinamento junto aos técnicos alemães da Zeiss e aos americanos da Sky Scan. Para gerir o Planetário a Secretaria do Verde desenvolveu um plano de gestão moderno que deverá ser implantado em breve. O Planetário do Carmo, incluindo o auditório, deverá receber aproximadamente até um milhão de pessoas por ano.

Números e curiosidades planetárias

O Planetário do Carmo é o 23º do Brasil e um dos mais modernos, com capacidade de recriar céus de diferentes épocas com perfeição.

O projetor Universarium VIII tem 12 mil lentes e é o aparelho nº 524 fabricado pela Carl Zeiss.

74 projetores periféricos estão distribuídos pela sala e auxiliam o projetor central.

Os últimos lugares são os melhores, pois o ângulo de visão da cúpula é maior. A poltronas têm inclinações diferentes para facilitar a visão dos espectadores.

A cúpula interna tem 20 m de diâmetro.

A área total do prédio é de 1.750 m².

Planetário do Carmo

End: Rua John Speers, 137 Itaquera

Tel: 6522-8555 e 6521-1144

Atendimento / sessões

Escolas - conforme agendamento - terça à sexta feira: sessões às10h, às 14h e às 16h - grátis

Público em geral : sábados e domingos: sessões às 10h, às 12h, às 14h e às 16h (distribuição de ingressos 1 hora antes de cada sessão) - grátis

 

A ARTE NA REGIÃO

Nosso bairro também tem seus representantes nas artes, e destacamos nessa oportunidade, as obras do pintor Silvio Zatti.

 

OS BANCOS

O primeiro Banco a se instalar em Itaquera, foi o Bradesco em 21 de março de 1957.

Em 13 de Dezembro de 1974, instalou-se em Itaquera o Banco Itaú, e o Unibanco veio em 16 de novembro de 1982.

 

FERROVIA

A Estação de Itaquera foi fundada em 06 de novembro de 1875.

A distância por linha férrea entre as estações de Itaquera e Mogi das Cruzes correspondem a 49 quilômetros.

A estação estava localizada no km 94,3 da Rede Ferroviária Federal.

Após a inauguração da Estação Ferroviaria Dom Bosco a mesma foi desativa,e hoje está aguardando novas instalações que talvez venha a ser um Centro Cultural, ou um Museu de História da Região.

 

COHAB´S E METRÔ

Uma das obras de grande vulto da região e que somaram uma população de 159.300 pessoas ao nosso bairro, são os conjuntos habitacionais da COHAB, que com toda uma infra-estrutura, promoveram grande desenvolvimento da região.

Outra grande obra, concluída e bastante esperada é o metrô Estação Corinthians Itaquera.

As obras da estação terminal Corinthians Itaquera concluídas em 1986, criou grande facilidade ao transporte de massa da região.

 

UNIVERSIDADE CAMILO CASTELO BRANCO - UNICASTELO

 Há 38 anos comprometida com a Educação Superior

17 anos como Universidade

Mantida pela Associação Itaquerense de Ensino, a Unicastelo é uma instituição de Ensino Superior cuja história remonta ao agitado ano de 1968 quando estudantes de todo o mundo manifestavam-se por transformações na educação e na sociedade como um todo. Foi no ano da Primavera de Praga, das Barricadas de Paris e da Batalha da Maria Antonia que nasceu a Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras. De lá para cá, a Unicastelo mantém conexão permanente com os avanços contínuos do ensino mundial o que se expressa em seu Plano de Desenvolvimento Institucional para o período de 2006-2015.

Nesses quase 40 anos dedicados à educação superior, a Unicastelo já graduou mais de 27 mil alunos em seus três campi e atendeu a milhares de pessoas nos diversos projetos de extensão que mantém. A instituição busca a democratização do acesso ao universo acadêmico, bem como a formação profissional em padrões de qualidade superiores, entre outros preceitos que lhe permitem oferecer ensino qualificado de modo a preparar profissionais competentes e éticos para o mercado de trabalho.

Partindo dos cursos pioneiros dos anos 60 e 70, Pedagogia, Letras e Estudos Sociais, a Unicastelo acolhe, hoje, no campus-sede de São Paulo, 30 cursos conectados com suas atividades de ensino, pesquisa e extensão, articulados na produção e na difusão do conhecimento, bem como no incremento das economias regional e nacional. O campus de Fernandópolis, por seu turno, oferece 11 cursos de graduação que contribuem para o fomento econômico e social da região. O mesmo se dá no campus de Descalvado, inaugurado em 2000, que dispõe de 15 cursos voltados à qualidade da formação profissional e ao desenvolvimento das comunidades de sua região de influência.

Os alicerces pedagógicos da Unicastelo estão cimentados em trajetória iniciada no ensino básico em 1964 com o Liceu Camilo Castelo Branco, fundado pelos professores João Maurício e Frances Guiomar Rava Alves. Hoje, a Unicastelo transpira códigos da modernidade e agrega valores contemporâneos suficientes para respaldar e enriquecer currículos de alunos e professores.

Na decurso de sua saga educacional, a universidade consolidou, em 1971, a criação da faculdade de Ciências Econômicas, Contábeis e Administração de Empresas e de Educação Física. O curso de Administração de Empresas nasceu um ano depois. Os primeiros cursos, autorizados em 1971, foram reconhecidos ao longo de 1974 e o de Administração de Empresas, em 1975. A expansão da oferta de cursos cresceu de tal forma que, no fim dos anos 80, a instituição já contava com 24 cursos de graduação. Não à toa, em 1989, conquistou o credenciamento como universidade por meio da Portaria 374 do Ministério da Educação.

Em maio de 2005, a Associação Itaquerense de Ensino, entidade mantenedora da Unicastelo admitiu novos associados e instituiu nova Diretoria desencadeando, a partir de então, o processo de adequação da universidade ao Decreto Ponte, publicado no DO da União em 10/05/06. Em 2006, realizou a primeira reunião de seus Conselhos Superiores Consun (Conselho Universitário) e Consepe (Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão), órgãos colegiados integrantes da administração superior da universidade, cujo efetivo funcionamento atende às reais disposições estatutárias da universidade, seu PPI (Projeto Pedagógico Institucional) e seu PDI (Plano de Desenvolvimento Institucional), obrigatórios, pela legislação vigente, para o credenciamento de qualquer instituição de ensino junto ao Ministério da Educação e instrumentos vitais para o ordenamento e crescimento da Universidade.

UNICASTELO - Campus São Paulo

Rua Carolina Fonseca, 584 - Itaquera - Cep: 08230-030 - São Paulo - SP

Fone: 11 6170-0000

 

FASM - FACULDADE SANTA MARCELINA

A FASM, Faculdade Santa Marcelina, faz parte do Instituto Internacional das Irmãs Marcelinas, que tem por objetivo renovar a sociedade através de ações educativas. Fundada em 1929, atua em diversas áreas do ensino superior, com cursos de administração, artes plásticas, educação artística, enfermagem, desenho de moda, música, relações internacionais e tecnologia em radiologia médica, sendo reconhecida pela seriedade na formação humana e profissional dos alunos.

No Campus Itaquera a infra-estrutura da FASM atende às exigências do mercado no atinente a formação de recursos humanos. Por suas características estruturais centradas na qualidade, no desenvolvimento profissional, alicerçado no conhecimento técnico-científico que permita uma prática contextualizada, é que proporcionamos os cursos Superiores em Administração, Enfermagem e Tecnologia em Radiologia Médica.

Rua Cachoeira Utupanema, 40 - Itaquera - CEP 08270-140 - São Paulo (SP)

Fone: (11) 6525-0058 ou (11) 6524-6900

 

IMPRENSA

Representando a imprensa na região, temos o Jornal Noticias de Itaquera, de fundado no ano de 1979 com circulação semanal. Desde que foi criado, exatamente tudo o que envolve as comunidades do extremo Leste é pauta do jornal. Investidores, empreendedores, formadores de opinião, artistas, intelectuais, lideranças de base, politicos, enfim, tudo e que todos de alguma forma destacam-se na sociedade local já figuraram como tônica nas edições do Noticias de Itaquera. a bem verdade, o jornal é um apoio importante nas questões relativas ao desenvolvimento do bairro.

Contato

Rio Mamanguape, 52 -Cidade Lider - SP

 

Fone/fax: 6748-8291

 

FINAL

Bem, tentamos mostrar a vocês um pouquinho do nosso bairro, da nossa gente, das nossas atividades e da nossa vida. Esperamos assim poder contribuir para manter viva a história de nossa região.

Rua João Soromenho, 11 - 08280-570 - Itaquera - São Paulo - SP - Tel./Fax: (11) 2748-8291